A convite do vereador Cristiano Santos (PV), compareceu à tribuna livre da Câmara de Curitiba, nesta quarta-feira (9), Luiz Alberto Maçaneiro, presidente do Grupo Solidário. De acordo com Santos, o Grupo Solidário foi fundado em 31 de janeiro de 2014 e não possui vínculo com entidades políticas ou religiosas. “O grupo é destinado a difundir os princípios da solidariedade através de ações que visem oportunizar a melhoria da qualidade de vida de pessoas necessitadas”, disse ao lembrar que o grupo já possui ações ampliadas para outros estados do Brasil. Ao todo, o grupo já investiu R$ 580 mil em atividades assistenciais.

“Foi escolhido o Dia Mundial da Solidariedade para a fundação do grupo. Setenta pessoas dispostas a ajudar se reuniram e assim teve início o Grupo Solidário que hoje conta com 284 membros”, explicou Maçaneiro, que também esclareceu que o intuito da entidade é ajudar pessoas e entidades com projetos estruturados que gerem renda, emprego e sustentabilidade. “Não somos assistencialistas, mas ajudamos entidades assistencialistas”, disse o presidente do Grupo Solidário.

Entre alguns dos serviços realizados pelo Grupo Solidário, Maçaneiro destacou a concessão de máquinas de costura para a Associação das Amigas da Mama (AMA), que trata do câncer de mama; padaria comunitária em Almirante Tamandaré; piscina térmica adaptada para alunos da Associação Franciscana de Educação ao Cidadão Especial (AFECE); cozinhas industriais para o Rango de Rua; sistema de distribuição de energia elétrica para catadores de recicláveis em Fazenda Rio Grande; e revitalização do hall de entrada da UTI adulta do hospital Erasto Gaertner.

Maçaneiro frisou que a contabilidade do grupo é totalmente transparente. Os integrantes contribuem com um salário mínimo por ano, o equivalente a R$ 79 por mês. Somando todos os integrantes, o caixa totaliza mais de R$ 250 mil por ano. “Não há gastos com viagens e estadias. Só gastamos com o necessário para a realização dos projetos, que são escolhidos pelo voto dos 284 integrantes do Grupo Solidário”.

Ele explicou que um dos objetivos do grupo é aumentar seus integrantes para a realização de novos projetos. “O lema do grupo é 'Fazer o Bem Faz Bem'”, pontuou Maçaneiro. Ele destacou também que estão em estágio avançado diferentes grupos em outras cidades, como é o caso de Maringá, no Paraná e de Parati e Angra dos Reis, no Rio de Janeiro. O endereço da entidade na internet é www.solidario.org.br.

Participaram do debate os vereadores Bruno Pessuti e Felipe Braga Côrtes, ambos do(PSD), Ezequias Barros (PRP), Oscalino do Povo (PODE), Osias Moraes (PRB) e Tico Kuzma (PROS).

Fonte: CMC